Resumo da Ata da 24ª Sessão Ordinária - 26/05/2021

   Com a participação de 28 Conselheiros Efetivos, e 02 Conselheiros Vitalícios, o Presidente do Conselho Diretor (CD), após verificar a existência do quórum regulamentar, abriu a Sessão por videoconferência, cumprindo o disposto no Art. 104 do Estatuto do Clube Naval (CN).
 
   Ao início da sessão, o Presidente do CD agradeceu a presença do Comodoro do Piraquê, que foi convidado em razão do item II da Ordem do Dia.
A seguir o Presidente colocou em discussão a Ata da Sessão anterior (23ª SOCD), e perguntou se havia alguma observação ou comentário sobre a Ata, tendo o Conselheiro HAROLDO pedido a palavra para fazer algumas observações referentes aos assuntos que ele apresentou na Sessão anterior. O que foi aceito pelo Presidente. 
 
   Não havendo mais manifestações a Ata foi colocada em votação e aprovada por unanimidade.
 
   Passando à Ordem do Dia, passou a palavra ao Conselheiro HAROLDO, Presidente da Comissão de Finanças, que relatou, por intermédio de tabelas e gráficos, os valores da execução orçamentária da SEDE, do Departamento Esportivo do Clube Naval (DECN), do Departamento Náutico do Clube Naval (DNCN), da Caixa Beneficente do Clube Naval (CABENA), do Plano de Aquisição do Clube Naval (PACN) e da Carteira Hipotecária e Imobiliária (CHI), apresentados ao CD pelo Conselho Fiscal (CF) do CN pela Ata n° 023 de 22/04/2021. Terminou apresentando o Parecer nº 33 da Comissão de Finanças:
 
   A Comissão de Finanças do CD, com base nos valores e termos da Ata 23 do CF, na posição dos respectivos índices de liquidez corrente e de solvência da SEDE, da CHI, do DECN, do DNCN, da CABENA e do PACN, considerou bom o resultado financeiro – disponibilidades acumuladas – no conjunto do CN.
 
   Assim, concorda com a decisão do CF e propõe a aprovação das contas de todos os Setores do CN, relativas ao período encerrado em 31 de março de 2021, conforme preceitua o inciso IV do art. 67 do Estatuto do CN.
 
  Colocado em discussão e não havendo manifestações, foi colocado em votação e o Parecer da Comissão de Finanças foi aprovado por unanimidade.
 
   A seguir, o Presidente do CD, passou ao item II da Ordem do Dia - Deliberar sobre Parecer da Comissão de Legislação e Justiça (CLJ), a respeito das propostas de alterações do Regulamento Interno do DECN.
 
   O Presidente submeteu à análise dos Conselheiros 05 propostas de alteração do Regulamento do DECN, constantes do anexo E, encaminhadas pelo Comodoro.
 
   Com a palavra, o Conselheiro OZÓRIO apresentou sua sugestão de criação de uma Comissão Especial (CE), à priori, para estudar as propostas referentes a normas e regulamentos, cujo texto consta do anexo F. Diante do que foi apresentado pelo Conselheiro OZÓRIO, o Presidente sugeriu que as 05 propostas fossem analisadas uma a uma e que fossem levadas à CE somente aquelas sobre as quais não se chegasse a um consenso.
A seguir, passou a palavra ao Comodoro do DECN, que agradeceu o convite para participar da reunião e fez uma explanação sobre a atual situação dos sócios Categoria 12 (sócios ex-juniores-SEJ). Em seguida, o Comodoro iniciou sua exposição sobre as propostas de alteração do Regulamento do DECN, constantes do anexo G.
 
   Sobre o assunto, manifestaram-se os Conselheiros, WEGMANN, MONTEIRO, DOBBIN, VILHENA, COSTA MOURA e LOESCH.
 
  Terminada as manifestações, e não havendo mais comentários e observações dos presentes, o Presidente submeteu à aprovação dos Conselheiros a sugestão de levar essas 05 propostas apresentadas pelo Comodoro, para a CE a ser criada e constituída de 05 Membros.
 
   Não havendo nenhuma observação em contrário, a criação da CE foi aprovada por unanimidade.
Comunicações e Propostas.
 
   O Presidente do CD agradeceu aos Conselheiros pelo trabalho abnegado dizendo que o trabalho dele foi bastante facilitado, principalmente, pela compreensão das deficiências dele e entende que o propósito de todos é o bem comum do Clube, o que facilita tudo, e que todas as propostas e sugestões sempre tiveram a honestidade de propósito facilitando muito os trabalhos nestes dois anos. Entende que, em face da transparência que hoje tem sido exigida não só nas atividades públicas como nas privadas, os aspectos de controle interno e de gestão de risco aumentam, e que ele não tem dúvida de que as atividades do CF e do CD tendem a aumentar muito. Ele agradeceu ao Comte SODRÉ, pelo seu empenho nas reuniões hibridas e disse que elas provavelmente vieram pra ficar.
 
   Encerramento.
 
   Nada mais havendo a tratar, o Presidente agradeceu a participação de todos e deu por encerrada a presente Sessão.