Resumo da Ata da 01ª Sessão Ordinária - 19/06/2019

Compareceram 37 Conselheiros Efetivos e 03 Conselheiros Vitalícios, que assinaram a folha de presença. Com a existência de quórum regulamentar o Presidente do Conselho Diretor (CD) abriu a Sessão. 
Conforme o Regimento Interno do CD o Presidente Eleito do Clube Naval (CN) Alte.Esq (Ref.) Eduardo MONTEIRO LOPES, foi convidado a se dirigir ao CD. Dando início a sua alocução o Presidente aduziu que não iria acrescentar nenhuma novidade àquelas já proferidas na Assembleia Geral de sua posse. Tinha dito em diferentes ocasiões de seu desejo de apenas continuar o trabalho que vem sendo feito pelas administrações anteriores, sem bruscas alterações de rumo.  Vamos unificar as atividades de gestão das nossas três sedes (Sede Social, Departamento Esportivo do Clube Naval - DECN e Departamento Náutico do Clube Naval - DNCN), sem prejuízo da autonomia administrativa e financeira, como previsto no Estatuto do CN. Afinal o Clube é um só. “Vamos iniciar um processo de revitalização da nossa sede social, sem alterar suas características tradicionais. Começando, em curto espaço de tempo com essas indispensáveis obras dos nossos elevadores, permitindo o acesso ao sétimo andar. Outras providências virão observando o aspecto de melhorias físicas, contando com a paciência dos sócios, pois muitas dessas alterações afetarão o uso das instalações”. É sua intenção priorizar a destinação náutica do DNCN, por ser a saída para o mar. Pretende realizar grandes atividades veleiras, colocando o CN, por intermédio do DNCN, entre os grandes clubes náuticos, sem prejuízo das demais atividades desse Departamento. “Continuaremos acompanhando os grandes temas nacionais e internacionais, através de palestras, de artigos nas revistas editadas pelo Clube. Nossas posições sempre se pautarão pela ética, as boas práticas, a justiça e o interesse do país, em consonância com o coração do quadro social. Mesmo sendo uma instituição privada, permaneceremos “sendo Marinha”, agindo em harmonia com a Marinha do Brasil, lembrando sempre que nela reside nossa razão de existir e a ela somos ligados de forma indissolúvel”. Para tanto, espera contar com o apoio de todos. Finalmente, agradeceu a presença e atenção de todos. O Presidente do CD agradeceu a presença e as palavras do Presidente do CN, que foi saldado com palmas e solicitou ao Conselheiro Heitor WEGMANN da Silva que o acompanhasse em sua saída do Salão.
O Presidente do CD deu posse aos Conselheiros que não haviam participado da Sessão Magna de 11 de junho, conforme consta do Artigo 53 § único do Estatuto do CN.
O Conselheiro Luís Fernando Portella PEIXOTO indicou o Conselheiro Luís Fernando Palmer Fonseca para a Presidência. Não havendo outras indicações, o Conselheiro PALMER foi aprovado por unanimidade e imediatamente empossado como Presidente do CD. 
Assumindo a Presidência, agradeceu a confiança dos Conselheiros e foi saudado com uma salva de palmas.
O Presidente Indicou para Primeiro Secretário, o Conselheiro Carlos Roberto de Oliveira CÂNDIDO Pereira, e para Segundo Secretário, o Conselheiro Raymundo Sant´Anna ROCHA, que foram aprovados por unanimidade. Em seguida, indicou para a COMISSÃO DE LEGISLAÇÃO E JUSTIÇA (CLJ), o Conselheiro Renato VILHENA de Araújo, como Presidente e, como demais membros, os Conselheiros Sergio LOESCH Soares, Sergio Silvan BRASILEIRO da Silva, Francisco Alves NOGA e JORGE Ferreira DA ROCHA, que foram aprovados por unanimidade. Em continuação, indicou para a COMISSÃO DE FINANÇAS o Conselheiro ÍCARO Passos, como Presidente, e como demais membros os Conselheiros HAROLDO Rodrigues da Cunha Fonseca, Celso GRAÇA LIMA, Osmar BOAVISTA da Cunha Junior e MARCIA Helena de Carvalho Ramos, que foram aprovados por unanimidade.
O Presidente apresentou o calendário das próximas sessões, sempre nas últimas quartas do mês, à exceção de dezembro que seria no dia 18. Manifestaram-se alguns Conselheiros sugerindo que a hora de início das sessões fosse às 15h ao invés de 16h. O Presidente propôs que a decisão do horário de início das sessões ficasse para a próxima sessão do CD, permitindo melhor consolidar as preferências dos Conselheiros.
Nada mais havendo a tratar, o Presidente agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a presente Sessão.