Plataforma da Chapa 10 "NOSSO CLUBE" - Biênio 2021-2023

 
   As raízes de uma Instituição devem estar presentes nos projetos que a fazem sobreviver ao longo do tempo. Assim acontece com o Clube Naval (CN)  que, fundado em 1884, no seio da Marinha do Brasil (MB), tem nos valores e tradições desta o Norte a orientá-lo. É, portanto, nesse sentido que a Plataforma da Chapa “Nosso Clube” encontra no indissolúvel vínculo com a MB o fundamento maior das ações que pretende empreender ao longo do biênio 2021-2023.
 
   A partir dessa proa poderemos passar a ajustar os rumos que nos levem a uma travessia segura e exitosa. Antes de tudo, porém, é necessário registrar que desde há muito o CN vem navegando por venturosas singraduras, graças à habilidade daqueles que o tiveram sob seus governos, sendo assim indicado observar o sábio conselho marinheiro de, sempre que possível, manobrar com pouco leme.
 
  Nós, da Chapa “Nosso Clube,” entendemos que o mesmo elo sentimental, tão cultuado pelos verdadeiros marinheiros, que une um tripulante ao seu navio, deve estar presente na relação de todo Oficial de Marinha com o CN. Este é o barco confiável e resistente capaz de nos fazer navegar, na ativa e na reserva, rumo aos destinos desejados. Este é o nosso Clube! Esta é a nossa Praça D'Armas derradeira!
 
  Em consonância com o estatuído, nossa Chapa considera que o CN é uno e indivisível, tendo como responsável uma só pessoa, seu Presidente. Ademais, embora alguns Órgãos da Administração-Executiva do Clube usufruam de autonomia administrativa-financeira, as boas normas de gestão, hoje, exigem supervisão e controle centralizados. Integradamente, todos os Órgãos e o próprio Clube como um todo ganharão.
 
  Consideramos também que a satisfação dos associados é o nosso propósito maior e que para alcançá-la faz-se indispensável uma administração eficiente, cujos reflexos se façam sentir no dia a dia dos sócios, por meio do aprimoramento das atividades sociais, culturais, esportivas e de serviços executadas pelo Clube.
 
   Além disso, vemos o CN como elemento fundamental para a integração da família naval com a sociedade brasileira. O Oficial de Marinha não pode estar alheio ao meio social civil no qual ele vive.
 
  Orientados pelas visões de caráter geral acima citadas e pelas finalidades estabelecidas no Artigo 8º do Estatuto do Clube, são as seguintes as ações específicas que pretendemos empreender:
 
- Estimular os jovens Oficiais de Marinha a ingressar no Clube;
 
- Divulgar o CN nas Organizações Militares da MB, em geral, e naquelas de formação de Oficiais, em particular;
 
- Dar continuidade à modernização e à integração administrativa do Clube, mais especificamente no que se refere ao planejamento, execução e controle orçamentário-financeiro e do cadastro único de sócios, ao estudo e implementação das práticas pertinentes de “compliance” e ao aprimoramento da efetividade dos controles internos;
 
- Buscar o equilíbrio financeiro do Departamento Náutico, ajustando suas atividades às demandas e estimulando a captação de novos sócios departamentais;
 
- Estimular as atividades náuticas, em especial o esporte da vela como prática natural do ofício marinheiro; 
 
- Manter e, se possível, aprimorar o nível de excelência alcançado pelo Departamento Esportivo:
 
- Dar continuidade à adaptação das atividades da CABENA, do PACN e da CHI aos anseios da jovem oficialidade e às mudanças conjunturais dos mercados financeiro, imobiliário e de serviços;
 
- Incentivar as exposições e concursos culturais e artísticos do Clube, assim como seminários e simpósios, procurando adequá-los às atualizações reinantes nos âmbitos da profissão marítima e da Segurança Nacional;
 
- Promover atividades sociais e culturais na Sede do Clube, de modo a estimular a frequência por parte dos sócios efetivos, temporários e especiais;
 
- Valorizar a comemoração das datas nacionais e navais, assim como dos eventos mais relevantes da história do Brasil;
 
- Incentivar o relacionamento com os demais Clubes Militares;
 
- Buscar integrar e aumentar as atividades de Comunicação Social do Clube;
 
- Prosseguir no esforço de qualificar e valorizar cada vez mais os funcionários do Clube; e
 
- Atentar para possíveis agressões aos nossos valores e tradições, rechaçando-as por meio de ação conjunta com a MB.