Mensagem do Presidente Alte PALMER no boletim de Julho 2021

   É com enorme prazer que me dirijo ao Corpo Social do Clube Naval pela primeira vez como seu Presidente. Tendo passado 48 anos no Serviço Ativo da Marinha, tenho a grande satisfação de ter assumido a Presidência de uma Instituição que, criada no seio daquela Força, comunga dos mesmos valores, tradições e cultura organizacional, e tem como propósito maior estreitar os laços de estima, camaradagem e solidariedade entre os Oficiais de Marinha e seus familiares, assim como de congregá-los com a sociedade, por meio dos sócios departamentais. Deste modo, vejo o nosso Clube, seus Órgãos e Departamentos como espaços nobres, nos quais deve prevalecer o ambiente familiar, ser cultivado o convívio social e estimulados os bons hábitos marinheiros e a cultura naval. Aprecio os valores da livre iniciativa, da liberdade de opinião, do respeito às leis, da igualdade perante elas, da meritocracia, e da boa educação, e creio que eles contribuem para o bom funcionamento das normas que regem o funcionamento do Clube, bem como para o relacionamento entre seus dirigentes, associados e funcionários.
 
   Como já devem ter percebido, decidi manter a Diretoria da gestão anterior. Para tal considerei, além da excelência do trabalho realizado nos últimos anos, que as ações necessárias a fazer funcionar uma Instituição que congrega cerca de 45 mil pessoas requerem algum grau de continuidade e, consequentemente, estabilidade de seus responsáveis. Dentre tais ações ressalto a modernização administrativa dos diversos setores do Clube, da qual fazem parte a integração de sistemas e processos, o cadastramento único de sócios, o aprimoramento das medidas de controle interno e de avaliação de riscos, tudo dentro do conceito de que o Clube Naval é um só, em que pese seus diversos setores. Outras ações que pretendo implementar constam da plataforma da Chapa “Nosso Clube”, publicadas no Boletim do mês de maio último.
 
   Vivemos tempos difíceis nos quais um vírus fez mudar hábitos de vida em todo o mundo e não nos permite, ainda, vislumbrar quando se dará sua neutralização. Em função disso, medidas que afetaram as atividades do Clube e, consequentemente, o dia a dia de nossos associados tiveram que ser tomadas, sempre em consonância com as normas estaduais e municipais pertinentes. Apesar do andamento da vacinação no País e do esforço de conscientização da necessidade de adoção de medidas protetoras individuais, acredito ser ainda requerida precaução. Assim, apesar da gradual liberação que adotamos em todos nossos Departamentos, não podemos descartar a possibilidade de futuras medidas restritivas, para o que, desde já, peço a compreensão do Corpo Social. 
 
   Por fim, incentivo que todos participem do aprimoramento da administração do Clube por meio de sugestões encaminhadas pelos canais apropriados e asseguro ter na satisfação do sócio o propósito maior da minha gestão.
 
Luiz Fernando PALMER Fonseca
Presidente do Clube Naval