Palavra do Presidente

Palavras do Presidente 02/2021

Houve um incêndio na cobertura do bar da praia do Charitas. O fogo já foi extinto e ninguém se machucou. Ainda não são conhecidas as causas e os prejuízos.

Eduardo Monteiro Lopes
Presidente do Clube Naval

Palavras do Presidente 01/2021

   Dirijo-me ao Quadro Social para lamentar profundamente a falta de respeito com que o Comodoro do Departamento Esportivo do Clube Naval e sua digníssima esposa têm sido tratados, acusados de fatos e atitudes mentirosas – sempre de forma covardemente anônima ou com uso de identidade falsa – por pessoa sem caráter que parece frustrado ou incomodado por algumas das duras porém corretas atitudes que têm sido implementadas no nosso Piraquê. Essa pessoa tem se valido de provedores localizados fora do Brasil (República Tcheca ou Suíça) que trabalham em modo criptográfico de modo a esconder a origem das mensagens. São provedores já conhecidos das autoridades brasileiras e que são usados para a disseminação de falsas notícias, as chamadas “fake news”. 

    Solidarizo-me com o casal, esperando que o autor das falsas, ofensivas, levianas e covardes acusações – todas apócrifas – possa ser identificado e punido pela Justiça. Para isso, já estamos em contato com o Ministério Público e solicitamos uma rigorosa investigação. Por oportuno, deixo claro a total confiança da Presidência do Clube Naval no Comodoro do Departamento Esportivo, o nosso Piraquê, e reitero que as ações saneadoras implementadas são da responsabilidade deste Presidente e que o nosso Comodoro apenas executou determinações emanadas da Presidência do Clube Naval. 

    Por fim, peço-lhes que não deem crédito a notícias que parecem apenas terem o propósito de perturbar a tranquilidade do nosso convívio social e, na falta de coragem moral, defender opiniões com a utilização do anonimato, atitude incompatível com as nossas tradições.

Eduardo Monteiro Lopes
Presidente do Clube Naval

Obras na Sede Social

Após cerca de sete meses de obras, concluímos as substituições dos dois elevadores sociais e a preparação de sétimo andar para receber os novos equipamentos. Como nossa Sede é um prédio bastante antigo, nós nos deparamos com uma série de problemas não previstos que acabaram por atrasar muito a conclusão dos trabalhos. Além disso, esses problemas exigiram uma constante negociação com as empresas contratadas e um rigoroso acompanhamento dos serviços por parte do nosso pessoal, de modo a manter o nível técnico indispensável, a qualidade dos serviços compatível com a beleza do prédio e o custo da obra dentro da disponibilidade de recursos. O custo total da obra é apresentado a seguir:

Esse custo foi dividido entre os dois orçamentos 2018/2019 (executado pela Diretoria que nos precedeu) e 2019/2020 (executado pela Diretoria atual). O quadro acima mostra a existência de despesas não orçadas previamente, fruto de surpresas encontradas ao longo do trabalho e já comentadas (todas suportadas pelo orçamento executado pela atual Diretoria). Felizmente, conseguimos manter a obra e o pagamento dos contratos de compra dos equipamentos dentro de limites que puderam ser suportados apenas com a realocação de recursos orçamentários, mantendo as despesas dentro dos limites aprovados pelo Conselho Diretor, sem pedidos de suplementação de recursos.
 
Finalmente, convido os nossos sócios a visitarem as instalações “repaginadas” do sétimo andar, utilizando os novos elevadores.
 
Almirante de Esquadra (Ref) Eduardo Monteiro Lopes
Presidente do Clube Naval