Desafio do Livro Surpresa 2020

No ano de 2019 encontramos muitos leitores corajosos, que não só aceitaram o desafio de peito aberto como expandiram sua leitura com os livros dentro da caixa, contribuindo e muito para a Biblioteca do Clube Naval. Por isso devido ao grande sucesso no ano passado o Desafio do Livro continuará em 2020.
 

O desafio é simples: na caixa surpresa da biblioteca, há um livro que vai mudar a sua vida. Após a leitura, faça uma resenha contando sua experiência. As resenhas serão postadas todo mês no site e no facebook do Clube Naval Sede Social.

Aceite o desafio, indique o livro para outros sócios e incentive a leitura!

Confira as resenhas postadas.

Leitor Antônio Tângari Filho 
Sentindo-se honrado.

"O livro foi escrito por jovens, mas conseguiu prender minha atenção, embora algumas vezes com certa dificuldade. Lógico, que alguns capítulos, quando se referiam a assuntos de meu interesse, foram lidos com prazer. No seu todo, posso afirmar que foi difícil, porém proveitosa. Difícil porque é uma filosofia tão detalhada, que ainda não tinha tido a oportunidade de ler, pois em qualquer idade estamos aprendendo. Parabéns aos gestores da Biblioteca pela iniciativa do ‘‘Livro Surpresa’’, que tive a honra de inaugurar."

Leitor Pedro Getúlio Souto
Sentindo-se esperançoso.

"Muito boa. Aprendi sobre as complicações de um dos países mais populosos do planeta. A escritora e a menina em epígrafe fizeram uma boa dupla, ressaltando as dificuldades na educação feminina com o Talibã, que absolutamente não serve os preceitos do alcorão. Ainda não tinha arriscado o livro da caixa de surpresa. Gostei da escolha das ‘‘especialistas’’.

Grato!!
 

Leitor Rubens Murilo de Lucas
Sentindo-se positivo.

"O relato da autora é sobre sua experiência com a terapia Gestalt e a filosofia dos índios americanos, que nada mais é do que encarar a vida de uma maneira positiva, apesar dos infortúnios. Segundo a autora, não devíamos fazer planos a longo prazo, pois na maioria das vezes, haverá fatores externos que poderão interromper esses planos. Por isso, aconselha a fazer planos a curtos prazo. Terapia Gestalt é uma forma de psicoterapia que enfatiza a responsabilidade pessoal através da experiência individual."

Leitor Walmir Duraes Cruz
Sentindo-se escolhido.

"Adorei a ideia do Livro Surpresa, porque tive a oportunidade de sem escolher ler um livro de Clarice Lispector, já que tantas vezes tive ele nas mãos e não escolhi por livre escolha, gostei muito por ela escrever de maneira fragmentada mas com bastante conteúdo para reflexão e finais inusitados."

 

Leitora Márcia Bibiane
Sentindo-se esperançoso.

"Interessante forma de enfrentar o problema com o ensejo adolescente. Para quem gosta de cinema é também uma forma que se abre em possibilidades de críticas e atenção ao trabalho dos diretores, roteiristas, atores e demais ‘‘mundo’’ de pessoas e técnicos que fazem a obra."

 

 

Leitora Paola A. Peclat Silvino
Sentindo-se motivada.

"Este livro me fez lembrar dos meus estudos de Psicologia na Universidade de Goiás sobre psicologia comportamental. Foi sem dúvida uma das matérias que mais gostei, pois nesta visão o indivíduo é o autor das mudanças, melhorias e não apenas um personagem, refém dos acontecimentos do passado. Um ótimo livro para buscar inspiração e mudar o que não te agrada na vida, com diversos casos onde podemos aplicar o conceito no dia a dia. Uma excelente experiência, mesmo sendo de 1975, não deixa de ser atual."

Leitora Ray dos Anjos
Sentindo-se renovada.

"A leitura objetiva conhecer e analisar o significado da velhice, inclusive os questionamentos de, para onde vamos após a morte, coisa questionável por muitos, dependendo de suas crenças. As etapas da vida são analisadas citando a frase de uma senhorinha que ao lhe perguntarem qual o remédio para a velhice, ela responde: só envelhece quem tem saúde. O livro ajuda muito, principalmente os que não aceitam, ou que enxergam a velhice como uma paralisia."

Leitor Felipe Gomes Fontes 
Sentindo-se esperançoso.

"Antes de falar sobre o livro, gostaria de parabenizá-los pela iniciativa de disponibilizar um livro surpresa. Esta ação nos faz ter contato com uma literatura que nem sempre escolheríamos e essa surpresa nos expõe à emoções impensáveis. Quanto ao livro, este venceu todas os meus preconceitos para com o autor e me contou uma história incrível de um homem obcecado pelo estudo e tecnologia. Excelente obra para nos dar esperanças, em melhorar o país."
 

Leitora Maria de Lourdes da Silva
sentindo-se surpresa.

 

"Confesso que me surpreendi com este livro. Achava que a história seria algo chato e sem graça, mas na verdade é uma narrativa empolgante que nos mantêm interessados o tempo todo. 

Recomendo, vale a pena!"

 

Leitor Fernando Bibiani
Sentindo-se surpreso.

"Há muito tempo não leio livro em que o relato é restrito a um universo de pessoas, locais e tema tão pequeno. E assim a leitura flui suave, prende, não cansa com repetições.
Valeu a surpresa."

 

 

Leitor Raphael Gomes
Sentindo-se surpreso.

"Um livro diferenciado e autêntico. Fiquei surpreendido ao tomar conhecimento de nvoos aspectos da cultura indiana. Apesar de ser repetitivo em determinados momentos, tem uma proposta bem cumprida."

Excelente indicação!"

 

Leitora Elainne Alejandra
Sentindo-se impressionada.

"Este livro me ensinou muitas coisas. Aprendi a não confiar em alguém, pois o Júlio (personagem do livro) só matou as 492 pessoas graças ao tio, sendo ele, a única pessoa em que confiou e confidenciou tudo. É uma experiência um tanto diferente já que poucos livros ao filmes contam a história do ponto de vista de um protagonista que mais parece um antagonista ao longo da história."

 

Leitor Robson Xavier Moares
Sentindo-se justo.

"O livro relata o relacionamento entre mulheres e homens na Arábia Saudita, onde a mulher é submissa pro homem. Destaco a origem ou seja, a nacionalidade dos profissionais, motoristas particulares e empregadas domésticas, geralmente filipinos e filipinas."