Resumo da Ata da 2ª Sessão Ordinária - 26/07/2017

     1. Quórum.

     Com a existência de quórum regulamentar determinado pelo Art. 104 do Estatuto do Clube Naval, o Presidente do CD abriu a Sessão Ordinária.

      2. Leitura, discussão, aprovação e assinatura da Ata da Sessão anterior.

      O Presidente abriu a Sessão e, em seguida, solicitou ao plenário um minuto de silencio em homenagem ao Conselheiro DIEGUES recentemente falecido. A seguir, determinou que o 2º Secretário efetuasse a leitura das Atas da 24ª Sessão Ordinária do Conselho Diretor, (24ª SOCD) Biênio 2015/2017 e 1ª Sessão Ordinária do Conselho Diretor (1ª SOCD) Biênio 2017-2019.

      Ao término da leitura das Atas, o Presidente do CD colocou a palavra à disposição dos presentes. Não havendo manifestações, as Atas foram aprovadas por unanimidade.

      3. Posse de Conselheiro.

      O Presidente do CD deu posse aos Conselheiros, Arnaldo de Mesquita BITTENCOURT Filho, Carlos Augusto Lisboa SOARES, SERGIO Ricardo Ferreira e Francisco Carlos Pereira CASCARDO.
 

      4. Ordem do Dia.

      I) Deliberar sobre os Pareceres do Conselho Fiscal/Comissão de Finanças quanto aos Balancetes dos meses de abril e maio de 2017, apresentados pela Diretoria e Departamentos do Clube, seguidos de informações do Fundo Especial da CHI, dos meses de abril e maio de 2017.

     O Presidente passou a palavra ao Conselheiro GRAÇA LIMA, que, por meio de gráficos, apresentou o resultado dos Balancetes do mês de abril de 2017 da SEDE, e dos diversos Departamentos do Clube – CHI, PACN, DECN, DNCN e CABENA, e apresentou o Parecer nº 001 daquela Comissão, concordando com a decisão do Conselho Fiscal e propõe a aprovação das contas de todos os Setores do Clube Naval. Ao término da apresentação, o Presidente do CD colocou a palavra à disposição dos presentes e, manifestaram-se os Conselheiros LISBOA e SÉRGIO. Não havendo mais manifestações, o Parecer foi aprovado por maioria absoluta com uma abstenção. Em continuação, foi apresentada a situação do Fundo Especial da CHI.

     A seguir, O Conselheiro ICARO, mais uma vez, utilizando-se dos gráficos, apresentou o resultado dos balancetes do mês de maio de 2017 da SEDE e dos diversos Departamentos do Clube – CHI, PACN, DECN, DNCN e CABENA e ao fim apresentou o Parecer nº 002 daquela Comissão, concordando com a decisão do Conselho Fiscal e propõe a aprovação das contas de todos os Setores do Clube Naval. Ao término da apresentação, o Presidente do CD colocou a palavra à disposição dos presentes e, manifestaram-se os Conselheiros LUSTOZA e VIVEIROS. Não havendo mais manifestações, o Parecer foi aprovado por maioria absoluta com uma abstenção. Em continuação, foi apresentada a situação do Fundo Especial da CHI.

    II) Apresentação do Relatório Anual do Presidente do CN, exercício – 20016/2017, a ser feita pelo Presidente do Clube Naval, naquele período.

   Com a presença do Presidente do Clube Naval, V.Alte(Ref.) Rui da Fonseca ELIA, o Conselheiro DOBBIN ex-Presidente do CN, iniciou sua apresentação, de forma bem resumida contendo o que denominaria de melhores momentos para ficar mais compacto, compreensível e fácil de ser absorvido.

   Ressaltou que o fato mais importante do período foram as eleições, porque foram relevantes e um notável momento democrático bastante especial. Relatou que a cada período eleitoral essas eleições têm sido aprimoradas tecnologicamente e até mudanças de locais de votação para produzir economias de gastos.  Participou que todos os eventos programados, sociais ou esportivos das sedes Social, Náutica e do Esportivo foram cumpridos com bastante êxito. Mostrou a situação do quadro social que se compõe de 47.629 sócios – dados de maio. Mencionou as atividades sociais do Clube e dos diversos Departamentos, salientado as ampliações de maiores espaços a disposição dos Sócios. Ressaltou dentre as obras uma emergencial feita na parte elétrica do DNCN. Também fez uma demonstração do equacionamento das dívidas do Clube informando que a origem foi o cancelamento por parte da Receita Federal de forma unilateral de retirada do Clube do grupo de entidades filantrópica. Teceu alguns comentários sobre a atuação da presidência na vertente política considerando-se impotente para reivindicações salariais, mas o CN foi solidário aos outros clubes militares em todos os momentos que eles se apresentaram.  Por fim considerou uma benção ter sido Presidente do Clube.       O relatório resumido apresentado está em anexo à presente Ata. O Conselheiro DOBBIN recebeu uma salva de palmas do plenário ao fim de sua exposição.

   III) Apreciação do Parecer da Comissão Especial do CD, que analisou o Relatório Anual do Presidente do Clube.

   O Presidente do CD passou a palavra ao Conselheiro FERRENHO que leu o Parecer da Comissão Especial do CD que analisou o Relatório Anual do Presidente do Clube Naval e concluiu que “a presente análise do Relatório indica que, quanto às informações, o documento produzido pelos diversos Departamentos do Clube atende ao disposto na Ordem Permanente número 60-042, de 04/11/08. É de parecer desta Comissão que o Relatório Anual apresentado pelo Presidente contém informações valiosas a serem mantidas.” Colocado em votação foi o parecer aprovado por unanimidade.

   IV) Eleição por motivo de vacância (Artigo 142 do Estatuto do Clube Naval) do CF (Ref-IM) Osmar Boavista da Cunha Júnior, proposto pelo Presidente do Clube, através do ofício 008/17.

   O Presidente colocou em votação a eleição por motivo de vacância do CF (Ref-IM) Osmar BOAVISTA da Cunha Junior, proposto pelo Presidente do Clube para o cargo de Diretor Cultural do Clube Naval. A proposta foi aprovada por unanimidade.

 
  V) Deliberar sobre alterações no Regulamento da CABENA.

  O Presidente passou a palavra ao membro da Comissão de Legislação e Justiça para proceder a leitura do Parecer 001 da Comissão sobre o assunto. 

“Trata-se de responder ao ofício 109, de 04/05/2017, do Presidente do Clube, solicitando aprovação pelo CD das alterações que foram propostas pelo Diretor da CABENA para o seu Regulamento, conforme previsto no Estatuto do Clube Naval (ECN), Art. 67, inciso II”. As alterações de mérito que foram introduzidas destinam-se a adaptar o Regulamento anterior, de 2003, às mudanças efetuadas no ECN pelas Assembleias Gerais de 30/11/2005 e 26/09/2012.

  As principais são o cancelamento dos antigos representantes da CABENA no CD, bem como dos cargos de assessor de contabilidade, estatística e relações públicas. Em face do exposto, a CLJ é de parecer que a minuta de novo Regulamento da CABENA pode ser aprovada pelo CD.

  Após a leitura o Presidente colocou o Parecer em votação e não havendo manifestação o Parecer 001 da CLJ foi aprovado por unanimidade.

   5. Comunicações e Propostas.

  O Presidente do CD apresentou ao plenário uma proposta do Presidente do Clube Naval propondo para o Quadro de Sócios Beneméritos o V.Alte(Ref-FN) Paulo Frederico Soriano DOBBIN, informou que essa proposta está baseada no Art. 12 incisos II do Estatuto do Clube Naval. Em seguida perguntou se alguém tinha algo a dizer sobre a proposta. Como ninguém se manifestou o Presidente do CD participou que tinha e informou a todos que se trata de uma proposta de cunho pessoal e uma proposta muito feliz do Presidente Elia pelos excelentes serviços prestados ao Clube Naval pelo Almirante DOBBIN. Ao fim todos concordaram com a proposição do Presidente do CN. A proposta foi aprovada por unanimidade. A seguir apresentou a solicitação de contratação do CMG (Ref) Aldo Raposo Neves, como assessor da Presidência e do CMG (IM) João Sérgio Siqueira como assessor de finanças em substituição ao CMG (IM) Alexandre Gomes Duarte. Colocado em votação as indicações foram ratificadas por unanimidade.

  6. Encerramento.

  Nada mais havendo a tratar, o Presidente agradeceu a presença de todos e deu por encerrada a presente Sessão.